quarta-feira, julho 12, 2006

Poema e Música

Um poema escrito por mim, em um dia, em algum lugar, em uma situação dada.

Hoje meu amor me trouxe flores
Por tanto tempo as queria
E que delas falava...
O dia foi hoje
Inesperado
Ou o mais previsível de todos

Eu as queria na janela
Mas aqui já não existe uma
Sinto a escuridão me sufocando
Meus dedos esfriam
As flores
Que queria
Das quais falava.

Ouvi meu amor balbuciar arrependimentos
Parece que ele chorava.


....................................

Essa música tocou 354 vezes hoje.

Olhos pra te rever
Boca pra te provar
Noites pra te perder
Mapas pra te encontrar

Fotos pra te reter
Luas pra te esperar
Voz pra te convencer
Ruas pra te avistar

Calma pra te entender
Verbos pra te acionar
Luz pra te esclarecer
Sonhos pra te acordar

(...)
Contos pra te encantar

Silêncio pra te comover
Música pra te alcançar
Refrão pra te enternecer
E agora só falta você

Meus verbos sujeitos ao seu modo de me acionar
Meus verbos abertos pra você me conjugar
Quero, vou, fui, não vi, voltei,
Mas sei que um dia de novo eu irei


("Verbos Sujeitos", Zélia Duncan)
Escuta aí...

2 comentários:

Carol disse...

Mto bom guria!

Gui disse...

Lindo poema...
Vc sabe q eu nao sou mto fã d poesia, mas essa ta linda...Ainda assim, prefiro os textos de sopetão, aparentemente inconscientes...

Bjos, saudades...