sexta-feira, julho 21, 2006

VIAGENS NA MINHA TERRA


Em Família
Estou em Porto Velho. Há muita poesia por aqui, ou em mim . Não sei. Além do calor, é claro. Mas não vou poetar.

.......................


No sítio, olhando as mulheres lavando a louça:

- Olha, mãe, como as panelas ficam brilhando!
- Também, não têm mais nada pra fazer! O que é que se faz nesse fim de mundo?

.......................

Eu estava deitada pensando na vida.

- Filha, por um acaso você não está pensando em alguém, está?
- Eu?! Se estiver, é só porque hoje fiquei muito tempo sozinha, nada mais do que isso.
- Você tem é que curtir a vida, menina. Levanta daí e vai sair, anda!

Depois não me culpem, minha mãe que mandou!

3 comentários:

mizael disse...

sabedoria materna
como eu adoro isso
huahuahauhauhau
bjaum

ps: fim de mundo?, decepcionante essa frase
huahuahuahuha

DaNy GumP disse...

Não seja mal entendedor...Fim de mundo é aquele sítio lá, sem nada!

Anônimo disse...

Minha terra tem palmeiras onde canta o sa´biá. As margens que aqui gorjeiam, não gorjeiam como lé. QUe bom que está em sua terra. Aproveite, há oportunidades que são únicas. Bjos